Sobre nós

LuaConf é uma conferência internacional de um dia focada na linguagem de programação Lua. Embora Lua tenha sido criado no Brasil, desde 2012 o Lua Workshop tem sido realizado em países estrangeiros. É tempo que uma conferência seja realizada em solo nacional e por esse motivo a LuaConf foi criada.

Nossa missão

O objetivo desse evento é promover a linguagem Lua, incentivar tecnologia e inovação nacional e aproximar os desenvolvedors brasileiros de Lua.

  • Aprenda com experts
  • Faça networking com outros professionais
  • Compartilhe seus conhecimentos

2016
9 de Julho

PUC-Rio
Rio de Janeiro, RJ

150
Ingressos

14
Palestrantes

Palestrantes

Roberto Ierusalimschy

Arquiteto principal da linguagem Lua

Alex Wiltschko

Engenheiro Pesquisador @ Twitter

Lourival Vieira Neto

Developer @ NetBSD Foundation / Zenedge

Tim Caswell

Developer @ Rackspace

Cristina Nader Vasconcelos

Professora Adjunta @ UFF

Xavier Denis

Engenheiro de Produção @ Shopify

Hisham Muhammad

Lead Developer @ LuaRocks

Alex Scotti

Chefe de Banco de Dados @ Bloomberg L P

Leandro Moreira

Software Engineer @ Globo.com

Charles McKeever

Director of Publisher Relations @ Corona Labs

Ana Lúcia de Moura

Professora Adjunta @ PUC-Rio

Fabio Mascarenhas

Professor Adjunto @ UFRJ

Sean Head

Director of Engineering @ Corona Labs

Elihú Mejía

Professor @ Instituto Politécnico Nacional

Agenda

Linguagens de programação são as ferramentas mais ubíquas no desenvolvimento de software. Desenvolvedores virtualmente habitam "mundos virtuais" criados pelas linguagens que eles usam. Como com qualquer outro artefato, o projeto de uma linguagem de programação envolve inúmeros critérios conflitantes, como consisão versus legibilidade, abstração versus eficiência, segurança versus flexibilidade, etc.
Ao longo dos anos, o projeto de Lua manteve simplicidade e pequeno tamanho como seus principais critérios de qualidade, dentro das restrições impostas por uma linguagem com uma ampla base de usuários. Nessa palestra pretendo discutir algumas das escolhas e decisões envolvidas ao longo da evolução de Lua, dentro do espaço de projetos de linguagens de programação.
Nobody can deny the immense popularity of the Node.JS platform. But being one of the original node contributors, I've often asked myself: Why not lua? Comparing VMs, Luajit is much better than V8 at embedded spaces. Comparing languages, coroutines are awesome for async I/O. This talk is about my journey from JS to Lua and what was learned and where we can go from here.
NetBSD possui suporte para a linguagem de programação Lua em sua base, tanto em espaço de usuário quanto em kernel. Esta palestra apresenta esse suporte, mostrando como Lua pode ser usada para "scriptar" programas em espaço de usuário e, principalmente, módulos de kernel. Esta palestra também apresenta o histórico de integração da linguagem Lua nesse sistema operacional e apresenta casos de uso para Lua em kernel, como por exemplo filtro de pacotes.
Reaching more people, with less code, to win faster in the hits based app economy.
Learn how app developers are using Lua to get their ideas in front of more people, in more places, than ever before. From one developer indie shops to 60 person teams with designers, developers, and business development types, Lua is leading the way to the next evolution of the app economy.
Did you ever want to implement some special custom behaviour in your load balancer? Nginx is one of the most widely used load balancing web servers, but out of the box, the capabilities for custom configuration are limited. Developing and running C modules is tedious and scary. Luckily, you can run Lua modules with nginx and implement all kinds of cool stuff!
At Shopify, we make heavy use of this scripting capability in order to scale our platform and implement high-performance features at the right level. Using Lua, we turned nginx into a multi-datacenter request router, a highly efficient page cache, and we even implemented custom load distribution algorithms.
In this talk, I will walk through some of those examples and give you an idea how to use Lua as part of your web stack and illustrate some of the benefits that this can give you.
Neste Workshop serão apresentados conceitos básicos de redes neurais convolucionais e uma ferramenta para treinamento de redes neurais que usa Torch, um framework de computação científica e aprendizado de máquina baseado em LuaJIT e CUDA. Com esse objetivo, será apresentado um paralelo entre processamento de sinais por abordagens tradicionais além de uma comparação entre as redes neurais clássicas versus redes neurais convolucionais. Para motivar, serão apresentadas aplicações diversas já em fase de produto baseadas em arquiteturas baseadas em aprendizado profundo.
During the development of the Comdb2 RDBMS it became clear we needed stored procedure support. A design decision was to look at "modern languages" and ignore the traditional PL/SQL dialects prevalent in most systems. We first embedded a JVM in the database engine and used Java as our proc language. Practical problems caused us to backtrack from that decision. The size of the database engine more than doubled when we pulled in the JVM. Debugging was nearly impossible when a crash in the JVM would take out the entire database. We went shopping for smaller cleaner embeddable languages and discovered Lua. It was a perfect fit once we made a few changes. We extended the data types to include all DB data types and added some extensions to declare variables with types, allowing for a form of strong typing at runtime.
Dynamically typed languages such as Lua trade safety for flexibility and ease of use, while statically typed languages prioritize the early detection of bugs, and provide a better framework for structuring large programs. The idea of optional typing is to combine the two approaches in the same language: the programmer can begin the development with dynamic types, and migrate to static types as the program matures. The challenge is to design a type system that feels natural to the programmer that is used to programming in a dynamic language. This talk presents Typed Lua, an optionally-typed dialect of Lua, and through code examples shows how Typed Lua handles some of the idioms that Lua programmers are used to, bringing static type safety to these idioms.
Esta palestra apresenta o LuaRocks, o gerenciador de pacotes de Lua, através do qual você pode adicionar novas funcionalidades à linguagem. Vou contar um pouco de como o projeto veio a ser, a sua evolução, e como é o desenvolvimento de um projeto comunitário de software livre. Pra quem já conhece o LuaRocks, vou falar também das últimas novidades do projeto e os seus caminhos futuros.
Transmitimos a última copa do mundo via Internet para o Brasil inteiro, tivemos um pico de aproximadamente 500 mil usuários assistindo vídeos ao mesmo tempo, o que se traduziu em um uso de banda aproximado de 640Gbps. E a linguagem Lua esteve presente em várias partes dessa solução. Nesta palestra será apresentado: Como, porquê e onde o Lua foi usado bem como as lições aprendidas com o uso da linguagem.
Lua and the numerics library Torch are integral to the machine learning methods we use at scale at Twitter. I'll talk a bit about why we chose the Lua language, its distinct advantages for large-scale and high-throughput machine learning, some novel and open-source software projects we've developed using Lua, and some future directions we are pursuing on both the engineering and research front. I'll demonstrate some concrete approaches with case studies.

Patrocinadores

Gold

Bronze

Apoio

Código de Conduta

Versão rápida

A LuaConf se dedica a fornecer uma experiência de conferência livre de assédio para todos, independentemente do sexo, identidade de gênero e expressão, idade, orientação sexual, deficiência, aparência física, tamanho corporal, cor de pele, etnia, religião (ou falta dela) ou escolhas de tecnologias. Nós não toleramos o assédio aos participantes da conferência, sob qualquer forma. Linguagem e imagens sexuais não são apropriadas em nenhum local da LuaConf, incluindo palestras, workshops, festas, Twitter e outras mídias on-line. Os participantes que violarem estas regras poderão ser punidos ou expulsos da LuaConf sem restituição, a critério dos organizadores.

Organizadores

Etiene Dalcol

Lead Developer @ Sailor

Evandro Gonçalves

Lead Developer @ Pegasus.lua

Local do evento

Auditório RDC
PUC-Rio
Rua Marquês de São Vicente, 225, Rio Datacentro - 22451-900.
Gávea - PUC-Rio, RJ